X
nada
Home
Quem Somos
Contato
Autos
Aviação
Beleza
Casa & CIA
Gastronomia
Imóveis
Eletrônicos
Jóias
Moda
Náutica
Serviços
Viagens
Viver Bem
O melhor do verão francês
Saint Tropez, na Riviera Francesa, possui praias paradisíacas, badalação e opções culturais

Alessandra Neves
O porto velho de Saint-Tropez é atração da cidade que recebe milhões de turistas todos os anos
Localizada a aproximadamente 850 km de Paris, na França, Saint-Tropez é um dos locais de veraneio mais badalados do mundo. Muitos iates e veleiros de luxo são ancorados ali trazendo personalidades que buscam aproveitar o melhor do verão europeu com muito glamour e badalação nas mais de 40 praias particulares. Celebridades são vistas freqüentemente tomando sol nas areias de St.-Tropez e freqüentando as agitadas casas noturnas, restaurantes e cafés que fazem da cidade o lugar ideal para quem quer ver e ser visto.

Saint-Tropez fica na região de Cote D´Azur, dentro da glamorosa Riviera Francesa, que inclui praias paradisíacas como Nice, Cannes e Antibes, e nasceu como uma cidade de pescadores. Uma lenda francesa conta que seu nome é uma homenagem ao oficial do imperador romano Nero, Salvio Torpes, que teria sido decapitado no ano de 68 d.C., por ter se convertido ao cristianismo, tornando-se um mártir. Depois de vagar pelo mar, seu corpo teria sido encontrado na região onde hoje fica St.-Tropez, e o soldado foi nomeado protetor da cidade. Todos os anos, em maio (época em que Torpes foi encontrado), a cidade promove um festival de três dias, durante o qual são realizadas missas, procissões e encenações da construção da capela em homenagem ao mártir, das cerimônias históricas da cidade e de seu passado militar.

Divulgação
A atriz francesa Brigitte Bardot trasnformou St.-Tropez em mito
Point de ricos e famosos, Saint-Tropez passou a ser conhecida como reduto de muitos boêmios quando o pintor Paul Signac construiu uma casa na cidade, na década de 20. Mas o lugar só se tornou um mito quando a musa do cinema, Brigitte Bardot, fez o filme E Deus Criou a Mulher em St.-Tropez, em 1956, e mudou-se para lá. Com apenas 6 mil habitantes, a cidade recebe milhões de pessoas por ano, principalmente entre julho e agosto, no auge do verão europeu, em busca de descanso nas belas praias e agito nas famosas baladas da cidade. O rock star Mick Jagger casou-se lá, o vocalista da Banda U2, Bono Vox, é um habitué e até mesmo a família real da Suécia já escolheu o lugar diversas vezes para passar férias.

As praias de Saint-Tropez misturam o glamour dos iates e veleiros ancorados nas baías com um clima descontraído de verão. As mais visitadas ficam em Ramatuelle, na baía de Pampelonne, que tem 5 quilômetros de extensão e mais de 40 praias particulares. Lá está localizado o Club 55, onde Brigitte Bardot comemorou seus 40 anos, parada obrigatória para quem visita a cidade. Em algumas praias é possível fazer topless e em outras, o nudismo é permitido. A praia mais famosa é Tahiti, onde a atriz francesa gravou cenas de seu filme.

Divulgação
O porto mais importante da França no século XVIII, Saint-Tropez recebe iates todos os verões
Além de praias paradisíacas, St-Tropez tem museus e praças onde é possível conhecer mais sobre a cultura local. O Musée Naval possui objetos que contam a história do porto de St.-Tropez. Ele fica localizado em La Citadele, uma fortaleza construída no século XVI. O Musée de l´Annonciale possui obras de Bonnard, Rouault, Matisse, Signac, entre outros, e o Musée des Papillons reúne mais de 4.500 exemplares de borboletas de todo o mundo. Nas Place de Lices e Place aux Herbes acontecem grandes mercados ao ar livre onde podem ser encontrados produtos frescos da região. Também é possível ouvir músicas típicas e observar os iates enquanto se visitam os tradicionais cafés, como o Café Sénéquier, o mais antigo de St.-Tropez.

Continua...