X
nada
Home
Quem Somos
Contato
Autos
Aviação
Beleza
Casa & CIA
Gastronomia
Imóveis
Eletrônicos
Jóias
Moda
Náutica
Serviços
Viagens
Viver Bem
Fragrâncias que encantam
O Comitê Francês do Perfume é responsável por desenvolver a imagem e a qualidade do produto para o mundo

Divulgação
O olfato é um dos principais sentidos formador de memória
Marilyn Monroe e Cleópatra são ícones das mulheres que usam o perfume como arma de sedução. O efeito da estratégia é muitas vezes certeiro graças à memória olfativa rebuscada desenvolvida pelo ser humano, que remete o estímulo de um aroma a momentos especiais. Com base na imagem do perfume francês associado à viagem sensorial e das emoções, o Comitê Francês de Perfume (Comité Français du Parfum) desenvolve um intenso trabalho desde 1967, reforçando e sofisticando cada vez mais a referência do país como berço dos aromas.

O Comitê Francês de Perfume foi criado para contribuir para o desenvolvimento do mercado nacional e internacional da perfumaria e divulgar a dimensão histórica, cultural do perfume. Hoje, agrupa mais 110 marcas nacionais de prestígio, que fazem da indústria do segmento um dos principais pilares de sustentação da economia do país. Preocupado em formar um padrão de mercado, o Comitê criou a classificação de fragrâncias, em sete categorias (cítricos, florais, filifolhas, chipre, amadeirados, âmbar e couro).

Divulgação
A tradição das fragrâncias francesas é enfatizada pelo Comitê Francês de Perfume
Altamente rentável, o mercado francês de perfume tem níveis de crescimento acelerados há 40 anos consecutivos, apresentando cifras de 57% para exportação e 43% destinado ao mercado nacional. Apenas em 2006, segundo dados do Comitê de Perfume, órgão que também controla o mercado de cosméticos produzidos na França, a indústria de perfumes cresceu 3,7% mais que a própria economia francesa. O prestígio das marcas de perfume francês se evidencia nos cerca de € 24 milhões diários gerados pela exportação destes produtos.

Apesar da antiga tradição de produzir perfumes, a indústria dos famosos aromas franceses conta com a participação do Comitê para estimular a inovação, tanto em sua fabricação, adotando alta tecnologia, quanto na comercialização, que inclui eficientes estratégias de distribuição que atingem os mais importantes mercados de todo o mundo, estando presentes em mais de 190 países. Na própria França, segundo os dados do Comitê de Perfume, diariamente, são vendidos cerca de 143 mil frascos, 10% dos quais masculinos.

Divulgação
Marilyn Monroe utilizava Chanel nº5 todos os dias, antes de dormir
Para valorizar a assinatura de grandes marcas francesas, o Comitê Francês de Perfume, através de diversos segmentos da mídia mundial, se utiliza do poder do sonho, da imaginação, da poesia e, muitas vezes, do poder relacionado às marcantes essências. O Prix Jasmin, prêmio criado pelo Comitê, busca valorizar jornalistas e fotógrafos da mídia francesa que produzem algum trabalho original sobre o tema. O prêmio, que completou 26 anos, possui uma versão inglesa, o Jasmine Awards, que celebrou, também este ano, seu 17º aniversário.

Estendendo sua ação na divulgação da cultura que envolve o perfume, o Comitê Francês de Perfume patrocina livros de alta qualidade sobre o assunto destinados a profissionais e ao público em geral.

O Comitê realiza ações voltadas aos colégios, como os kits criados em parceria com a empresa Givaudan, sociedade de matérias-primas e fabricação de perfumes, que permitem que professores desenvolvam nos jovens um novo relacionamento com perfume. Viagens de iniciação ao coração do perfume, a cidade de Grasse, também tornam possível aos estudantes descobrir os segredos da fabricação do perfume em visitas às grandes casas produtoras.

Continua...